sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

A história do Toronto Raptors

 
O Toronto Raptors, é o único time canadense presente na NBA atualmente, mas nem sempre foi assim. Em uma política de expansão da NBA em 1995, foram criadas duas franquias canadenses, O Toronto Raptors e o Vancouver Grizzlies. A franquia de Vancouver não vingou e após uma série de temporadas fracassadas e baixos números de público e audiência, foi transferida para Memphis, no Tenessee.
Já o Toronto Raptors conseguiu se manter na liga, sobrevivendo ao característico começo ruim das franquias na liga, por causa do período de adaptação e montagem de elenco. Em sua primeira temporada, os Raptors terminaram com 21 vitórias e 61 derrotas, mas o que marcou essa primeira temporada dos canadenses foi o fato de serem um dos 10 times a derrotar o poderoso Chicago Bulls de Michael Jordan, naquela que foi a melhor campanha da história da liga (72-10).
O começo do melhor elenco da história dos Raptors começou em 1997, quando draftaram o ala armador Tracy McGrady e logo no ano seguinte, por meio de uma troca com o Golden State Warriors, conseguiram a 5ª escolha geral do Draft, o ala Vince Carter, primo de McGrady, os dois são um dos grandes jogadores que essa liga já viu.
O time de 1999 foi montado com vários bons jogadores, os primos Carter e McGrady, o especialista em bolas de 3, Dell Curry (pai de Stephen Curry), o ala pivô Antônio Davis (não, ele não é pai de Anthony Davis), Muggsy Bogues e Charles Oakley. O time deu certo e pela primeira vez um time do Canadá conseguiu chegar nos playoffs, mas não durou muito, pois foi eliminado na primeira rodada, quando enfrentou o New York Knicks. Carter ainda foi eleito o novato do ano.
Vince Carter e Dell Curry
Em fevereiro de 1999, os Raptors passaram a jogar na sua própria arena, o Air Canada Centre, que eu particularmente acho uma das mais lindas arenas da NBA, assim como os uniformes do time. Carter continuou liderando o time e conseguiu levar o Toronto a se classificar para mais 2 playoffs, conseguindo chegar na semifinal da conferência leste pela primeira vez em 2000, sem McGrady que decidiu sair do Raptors e foi para o Orlando Magic. O Philadelphia 76ers de Allen Iverson foi o algoz do Raptors na semifinal, vencendo a série no jogo 7, quando a bola decisiva de Vince Carter rodou no aro e saiu.
Air Canada Centre em 2000
Em 2003, uma nova estrela deu esperanças para o os "dinos", o ala pivô Chris Bosh que teve uma ótima primeira temporada, com 11 pontos e 7 rebotes por jogo. O time canadense não conseguiu chegar nos playoffs por conta das lesões dos seus principais jogadores. Em 2004, Vince Carter foi para o New Jersey Nets, o que marcou mais um período de reconstrução para o Toronto.
Chris Bosh
Apenas em 2006 o Raptors voltou a ter um time competitivo, e conseguiu seu primeiro título de divisão, ficando em 3º lugar no leste, voltando aos playoffs com uma campanha de 47 vitórias e 35 derrotas. O time era marcado por ter um entrosamento incrível e ser muito bem organizado. O técnico Sam Mitchell foi eleito o técnico do ano, fato inédito na história do Raptors, e Chris Bosh foi selecionado para o all star game. A temporada do Raptors acabou com uma eliminação nos playoffs para o New Jersey Nets, de...Vince Carter!
Com a ida de Chris Bosh para o Miami Heat em 2010, os dinos tinham novamente que se reconstruir, e precisaram de 3 anos para isso. Em 2013, DeMar DeRozan (9ª escolha de 2009) começou a ter uma evolução notável e Kyle Lowry, então armador do Houston Rockets, foi trocado para o time canadense. A dupla de armadores são os principais jogadores da era atual do Toronto e juntos já conseguiram levar o Raptors a 2 playoffs seguidos, além de 2 títulos de divisão, melhor começo de temporada da história da franquia em 2014, com 24 vitórias e 8 derrotas e melhor campanha da história da franquia com 49 vitórias. Vale destacar o prêmio de melhor 6º homem da liga para Lou Williams, outro fato inédito na história do time canadense.
DeMar DeRozan e Kyle Lowry
Curiosidades do Toronto Raptors:


1. O nome da franquia quase foi Toronto Huskies, nome da primeira franquia canadense da liga, em 1946, mas a NBA recusou por o husky ser parecido com o lobo, símbolo do Minnesota Timberwolves.







2. O nome Raptors foi escolhido pelo grande sucesso do filme Jurassic Park na década de 90. O apelido vem do Velociraptor, um tipo de dinossauro.




3. O Toronto Raptors é o primeiro time a ter dois brasileiros no elenco (Lucas Bebê e Bruno Caboclo) e é o time que mais teve brasileiros, 3 no total.





4. O Raptors draftou o brasileiro Rafael Araújo em 2004, como 8ª escolha geral da primeira rodada, ao invés de selecionar atual MVP das finais, Andre Iguodala!




5. Depois da inauguração da sua arena, o Toronto Raptors teve a melhor média de público da NBA durante 3 anos seguidos.






6. Em 2013, o canadense cantor de hip hop, Drake, foi nomeado o embaixador do Toronto Raptors no mundo e tem um dia dedicado a ele no calendário dos dinos, o "Drake Night", onde todos os torcedores presentes na arena ganham camisas exclusivas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário